domingo, 24 de janeiro de 2010

Isso é maldade??



Começo aqui confessando que fujo do assunto principal desse blog. Quem espera que eu fale sobre relacionamentos... desista, eu sou um caso perdido. Para contar qualquer coisa em particular é um desastre total, e algumas pessoas já presenciaram e com certeza dão risada até hoje ao lembrar!! Mas quando entrei para o blog já havia avisado isso, e mesmo assim me aceitaram, como é bom ter amigas!!
Ok, desabafos a parte, vamos ao que interessa: O que tem na minha bolsa hoje?? Reclamações... óbvio! Deixando o bom senso de lado, qual mulher pode dizer que nunca reparou na roupa de outra? Se alguém falar isso, garanto que é mentira!
Não estou dizendo que ando super arrumada, quem me conhece sabe disso, mas gente, algumas convenções sociais precisam ser respeitadas, querem um exemplo?
Semana passada fui a uma formatura (muito boa por sinal). Mas enquanto esperava a entrada da minha amiga formanda, eis que me deparo com uma menina vestida de calça jeans, tamanco plataforma e uma blusinha com alguns brilhos!
Certo, eu não estava de longo super formal, mas gente, o convite dizia claramente que o traje era esporte fino. Mas o mais engraçado dessa história aconteceu no banheiro.
Enquanto descansava meus pezinhos cansados do salto sentada no sofá do banheiro e esperava minha amiga, a digníssima garota da calça jeans entra na fila do banheiro. Uma mulher que estava ao meu lado olhou para ela, arregalou os olhos e fez uma expressão de choque ao olhar para mim e comentar: “Gente eu nunca vi isso”!! Eu ri e fiquei muito feliz porque até aquele momento estava achando que eu era muito ruim por ficar reparando na menina. Será que sou ruim mesmo? Deixo a decisão para vocês!!!

11 comentários:

  1. Bom amiga... se isso for caso de "ruindade" eu então sou ruim ao quadrado. Me identifiquei com seu pensamento e com a garota que fez o comentário... ohh, pequei duas vezes!!! hehehe

    Relaxaaaa...o caso não é que somos ruins, o caso é que somos MULHERES! hehe

    Beijoos minhas siris

    ResponderExcluir
  2. É estranho mesmo ir a uma formatura nesses trajes. Mas meninas, vai saber o que se passa no guarda-roupas e na vida dessa garota? Complicado...

    ResponderExcluir
  3. Então, sempre tem gte sem noçao. Fui a um casamento sabado e tinha um garoto com uma camiseta com dois noivos no altar e escrito GAME OVER... meio sem base, mas, enfim...

    ResponderExcluir
  4. Eu também não um modelo a seguir, mas se a ocasião pede...
    e eu também sou péssimaaaaaaaaaaa!!!! malvada e sem coração!!!
    hahahaha

    ResponderExcluir
  5. Então, eu tb de vez em qnd faço isso. Penso a mesma coisa, será que é maldade?
    Mas, acho que não.
    Tem gente que é bem sem noção mesmo. Tenho um primo meu que já foi em casamento vestido de skatista..chamava mais a anteção do que a noiva. Talvez, essa era a inteção dele, e dessa menina aí que vc descreveu ;)

    ResponderExcluir
  6. Maldade não é. Se algumas convenções sociais existem, não custa segui-las.
    Aí, para assíduas observadoras, isso é um choque. Comentários são inevitáveis. hehehe

    ResponderExcluir
  7. Primeiro, vc é ruim mesmo, Ana Carla.
    Segundo, se a ocasião exige, devemos nos adptar a ela mesmo. Estava escrito que era determinado traje, então tinha que ser, no mínimo, algo mais formal do que calça jeans e plataforma!

    Ah, já disse que vc é ruim mesmo??

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Ana! Você, com essa carinha de anjo, sendo "marvada" desse jeito?! Deixa a menina! Como diria Raul, "faça o que tu queres, há de ser tudo da lei"... E viva a sociedade alternativa! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Aii Ana!
    Confesso que não sigo muito essas convenções não, sou bem avessa a moda, e quando quero ir a uma formatura ou casamento de jeans..vou tranquilamente mas o bom senso sempre prevalece né?
    Realmente é inevitável uma mulher presenciar uma cena como a que vc descreveu e não dar aquela olhadinha básica para a amiga(vcs sabem qual olhadinha né?) mas olhamos quando uma calça está justa demais, olhamos quando a chapinha está mal feita, quando o delineador borrou o cantinho do olho..é isso aí mesmo!

    Somos mulheres!

    ResponderExcluir
  11. Uma vez, Ana, eu estava andando na rua com a minha colega e em nossa direção vinha uma moça, com um vestido rosa choque, curto.
    Minha colega ficou indignada.
    Eu dei de ombros e não importei com o fato dela estar se sentingo gostosa (toda a pedrerada da obra, pelo que ouvi, aprovou) e fiquei feliz por este ser um País livre, em que cada pessoa tem a liberdade para se vestir da maneira como acha conveniente (salvo o caso Geisy, que ainda hoje me instiga a vontade de andar pelada só para criar caso).

    Mas te confesso que também olhei de canto e fiz um beiço para umas "colegas de gênero" esses dias, também em uma formatura. Isso porque eu larguei um vestido super lindo, novo, e coloquei um outro que já tem uma era comigo, porque em tal evento eu só entraria com vestido social, mas abaixo do joelho. Lá pelas tantas choveu menininha com saias que mal cobriam a bunda e eu fiquei com raiva, com muita raiva.

    No final das contas, percebi que o lucro não estava com elas, não. Mas deu raiva, fui maldosa. Todo mundo que se vista como bem entenda, mas se há uma convenção sobre o que usar, que ela valha para todas.

    =)

    ResponderExcluir