quinta-feira, 22 de abril de 2010

Quem tem medo de mulher independente?


Dias passados, um de nossos amigos vibrou ao ler a matéria: Eles agora preferem moças independentes e livres!, na TPM deste mês. Ao lê-la, disse em alto e bom som que o discurso de sindicalistas dos anos 70, que de acordo com ele reina neste blog, não condizia com a nossa realidade de século 21, visto que hora ou outra falamos do repúdio masculino por mulheres independentes e seguras.
A matéria dizia mais. Afirmava que, segundo pesquisas: 97% dos homens brasileiros não se sentiam ameaçados por mulheres independentes; 87% dos homens disseram gostar de parceira da mesma idade e 90% expressaram que não se preocupam nada com a diferença de idade quando o assunto é relacionamento. Tá contente? Tem mais. Os mesmos entrevistados disseram gostar de moças com vasta experiência sexual e de opiniões fortes. O século 21 é nosso? (Você deve estar se indagando, quase afirmando).
Errado. Tudo isso é uma pegadinha da TPM, que brincou com o fato de abril ser o mês da mentira (1º de abril, sua calça caiu!). Lá embaixo, no rodapé, um trecho discreto que escondia todo o segredo irônico da matéria. “A notícia que você leu acima é absolutamente falsa, mas, como é dia da mentira, achamos que podemos nos enganar um pouco e ter 2 minutos de felicidade ilusórios!”
Mas, será mesmo que os homens se intimidam com mulheres independentes? Curiosa, perguntei aos homens, entre 20 e 36 anos, do meu msn sobre o assunto. Surpresa! 100% dos entrevistados responderam não ter problemas com a independência feminina. Confirmaram a mentira da matéria citada. Não é mentira! Até o mais machão deles, diz-se satisfeito com a independência do sexo oposto.
“ Não me sinto intimidado. Muito pelo contrário, faço questão que as mulheres sejam independentes. E quanto maior sua instrução, melhor. Isso me obriga a pensar no que falar para travar um bom diálogo, o que é muito bom. Sair com menininhas tímidas e que não têm experiência nenhuma não é comigo”. Sobre a mulher ganhar mais que o homem, brinca: “Vamos concordar que não é muito difícil ganhar mais do que eu [mais um jornalista desiludido financeiramente], então não posso pensar muito nisso, embora faça questão de pagar a conta do restaurante”.
A maior parte dos entrevistados também frisou que fazem questão da mulher ser independente. “Para falar a verdade eu prefiro as mulheres independentes, que conseguem levar a vida delas por conta própria”, disse um deles, enfatizando que até averigua se o que ela tem é conquistado ou dado. “Eu gosto de saber se elas conseguiram aquilo por conta própria ou se ganharam tudo de mão beijada dos pais, quando sei que os méritos são delas aí eu gamo para valer”. Tomar nota: ter carro, casa própria e outros pertences, frutos do próprio suor, atualmente são charme!
Homens gostam de mulheres inseguras. Preferem cuidar a serem cuidados. Mitos. “Não gosto da ideia de alguém depender de mim para tudo, prefiro uma mulher que pense por si só e que possamos no ajudar mutuamente”, disse um dos entrevistados. “Eu apoio e prefiro mulheres independentes e seguras. Para mim, as mulheres não devem ser dependentes de ninguém e sim conquistar seu espaço sem relevância de sexo”, afirmou o outro.
Mulher independente está na moda. E vocês, estão na moda também?

PS: O fato dos entrevistados cursarem ou já terem concluído faculdade, acredito que influencie decisivamente para essa aceitação da mulher contemporânea, assim como a faixa etária na qual estão inclusos. Se perguntasse para homens a partir dos 40 anos ou para aqueles com menos instrução, talvez (acho que é certeza) as respostas teriam sido diferentes.

14 comentários:

  1. Olha Lari, seria muito bom que essas respostas explicitassem a verdade..ahusiuahsua
    Acredito que os homens estão modificando aos poucos os pensamentos, e a maioria deles que a gente convive podem estar no percurso dessa transformação, mas conviví com muitos que certamente não deixariam suas visões machistas por nada!

    ResponderExcluir
  2. Lari... quando isso é questionado aos homens eles falam mesmo que não estão intimidados, mais estão sim! E a prática do dia a dia é clara.
    Homem se sente mal sim se a mulher ganha mais, se a mulher é mais experiente, e se for independente ai piora mesmo!
    Você sabe do que eu estou falando, as cara de coitada, que se fazem de bobas, essas sim aproveitam dos homens, que adoram esse lado fragil e dependente das mulheres, e quando nós colocamos as garras pra fora, eles se assutam e saem correndo! é fato!

    ResponderExcluir
  3. Explique o fato:
    - Falar dois idiomas
    - Morar em outro país
    - Ter um carro
    - Ter um emprego
    - Certa experiência
    - Estudar e ler muito
    - Ser teoricamente independente

    porque uma pessoa assim esta sozinha?
    não é porque ela quer...
    tenho certeza!
    homens gostam de que sejamos dependentes deles, e burras também!
    E viva a minha TPM!

    ResponderExcluir
  4. Desculpa, to indignada com a raça masculina!

    ResponderExcluir
  5. Vai lá Mari, desabafa.
    hahaha
    Mas olha, foi supresa para mim. Todos me responderam que não possuem problemas com a indenpendência. Talvez não vejam problema mesmo...e os tempos mudam, por que também não mudar isso?

    ResponderExcluir
  6. Não acho... Esse conceito de mulher dependente é implícito nos homens, carga genética. Eles tem que mostrar de alguma forma sua masculinidade, e uma das formas de externar isso, é que a mulher dependa dele. Infelizmente é assim, é algo que eles podem não notar, mais está lá!

    ResponderExcluir
  7. Olha... Eu conheço muito homem que prefere mesmo as mulheres independentes. De verdade, sem mentirinhas de TPM. Assim como conheço uma boa parcela também que se intimida. Acho que a nota de rodapé diz tudo. Os caras que buscam mais numa mulher do que apenas um ser doméstico, ou seja, conversa boa, vivências, autonomia, divisão para decisões, geralmente tem uma visão mais ampla de mundo. Viva as mulheres que podem ser aquilo que querem e encontrar homens que sintam necessidade de tê-las assim...

    ResponderExcluir
  8. Existem opiniões de todos os tipos. Homens que não se importam com a igualdade e homens que se sentem ameaçados.
    Você deu, sem querer, uma continuação muitíssimo elaborada da minha postagem sobre independência, Lari. E acredito que o que mais assusta - nos ameaçados homens - é a mulher independente do sentimento e das melosidades.
    Aquela que paga suas contas, salvo exceções, também é bem resolvida. Isso deve assustar ainda mais.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Vocês lutam por direitos iguais, mas ignoram o direito de muitos outros. São preconceituosas e não conseguem perceber que estes que vocês ignoram ou menosprezam, também lutam pelos seus direitos. Parecem sindicalistas pq não perceberam que muita coisa mudou, e que talvez lutar desta forma não da mais resultado.

    Outra coisa, acho que o problema não está nos homens e sim em quem seleciona estes homens. Eu olho meu grupo de amigos, do qual algumas de vocês fazem parte, e vejo mulheres inteligentes, independentes, de bem com a vida... mas e vocês, quando olham para seus amigos o que vocês vêem?

    ResponderExcluir
  11. Então, não gosto de ser tão radical... mas acho que independencia assusta qualquer um. Tem muita mulher que também se assusta quando o homem não precisa saber o que ela está fazendo em cada momento para ser feliz. Independencia emocional neste caso.
    As pessoas pensam diferente, falta entender e aceitar isso!!

    ResponderExcluir
  12. Suas bobinhas! Homem tá pouco se importando se a mulher é independe ou não. Isso é coisa de vocês. Homem quer outra coisa...

    ResponderExcluir
  13. Aiaiai... Agora me contem o que querem, please!

    ResponderExcluir